COMPESA

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

UNOPAR GARANHUNS

UNOPAR GARANHUNS
CLIQUE NA IMAGEM

POUSADA DA PAIXÃO - CLIQUE E CONHEÇA!

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

UPAE GARANHUNS INFORMA RETORNO DO ATENDIMENTO MÉDICO NA UNIDADE



A UPAE Garanhuns informa a população em geral que os atendimentos médicos voltam a normalidade nesta quinta-feira (14/12), em todos os setores da unidade de saúde. Nesta data, serão atendidos os pacientes que estavam previamente marcados para este dia.

Aproveitamos a oportunidade para informar que os pacientes que deixaram de ser atendidos nos dias 12 e 13/12, devem, no caso de retorno de consultas, comparecer à UPAE Garanhuns no próximo dia 20/12, para reagendamento. Aqueles que estariam em primeira consulta, ou seja, vindo para primeiro atendimento médico, devem retornar às Secretarias de Saúde de seus municípios, para agendar nova data.

Agradecemos o apoio de todos, e ressaltamos nosso compromisso por uma saúde pública de qualidade em nossa região, sob a Gestão IMIP e tendo o Governo do Estado como parceiro, através da 5ª Gerência Regional de Saúde - V GERES.

Garanhuns, 13 de Dezembro de 2017

Gustavo Amorim
Coordenador Geral – UPAE Garanhuns

CONCURSO PÚBLICO, AESGA abre inscrições para PROCESSO SELETIVO



A Presidente da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns - AESGA, em Pernambuco, anuncia Processo Seletivo para Professor de Ensino Superior da AESGA. Os mesmo atuarão 40 horas semanais, com ganhos que variam de R$ 24,58 a R$ 34,19 hora aula.

As inscrições estarão disponíveis até o dia 11 de janeiro de 2018, por meio do site  abaixo, mediante o pagamento de R$ 200,00.

As provas objetivas estão definidas para o dia 14 de janeiro de 2018, nas dependências da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns - AESGA, na sala a ser divulgada no site 24 horas antes da realização das provas e/ou sorteio dos pontos. A prova prática está prevista para o dia 28 de janeiro de 2018.

O prazo vigente do certame será de 24 meses, contados da data da publicação dos resultados homologados pela AESGA, podendo ser prorrogado por igual período atendendo ao interesse público.

Edital Completo: 

Pernambuco terá Centro de Distribuição e de e-commerce da Saraiva

Governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (11/12), protocolo de intenções para a implantação de um CD da empresa no Cabo de Santo Agostinho, que distribuirá mercadorias para todo o País

Jorge Saraiva Neto, presidente da Livraria Saraiva

A partir do próximo ano, Pernambuco contará com um Centro de Distribuição (CD) de mercadorias para lojas físicas e serviços de e-commerce do Grupo Saraiva & Siciliano. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara, nesta segunda-feira (11/12), no Palácio do Campo das Princesas, durante a assinatura do protocolo de intenções que formaliza a parceria com a empresa. O espaço será implantado no município do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, e dará início às operações logísticas ainda no primeiro bimestre de 2018. A empresa investirá R$ 2 milhões para a instalação do empreendimento no Estado, gerando 60 empregos na região.

"A gente fica muito feliz em finalizar um ano como 2017, um ano de tantos desafios, e poder dar respostas que dialogam com o desenvolvimento do nosso Estado, trazendo um grupo econômico que tem tanta tradição no Brasil, como o grupo Saraiva. A partir de agora, Pernambuco também tem o dever de dotar de condições logísticas, de infraestrutura e de todo o apoio necessário para que esse empreendimento seja um sucesso", ressaltou o governador Paulo Câmara, completando: Investir em Pernambuco vale a pena. E vale mesmo, pois temos um povo trabalhador, um povo que corresponde. Sabemos que esse empreendimento é apenas o início de uma parceria que irá gerar muitos frutos e negócios para o futuro e para o desenvolvimento do nosso Estado?.

Para o presidente da AD Diper, Leonardo Cerquinho, a iniciativa vai dar destaque nacional a Pernambuco como polo logístico potencial. "O e-commerce é uma tendência mundial. Então, é importante para o nosso Estado se colocar nacionalmente nesse contexto, porque quanto mais a gente tiver esse tipo de operação aqui, mais competitivo a gente vai ser. E quanto melhor a logística da região, mais fácil será a atração de novas indústrias. Estamos falando não apenas de geração de empregos, mas na questão dos fretes, na movimentação aérea e de caminhões que serão geradas. Existe um efeito multiplicador muito importante nesse processo, e é muito relevante para Pernambuco ser um ponto de distribuição nacional", frisou.

A expectativa é de que seja realizado o e-commerce inicialmente com produtos de telefonia, de informática e jogos eletrônicos, com distribuição dessas mercadorias para todo o Brasil, além do abastecimento de suas lojas físicas nas regiões Norte e Nordeste. Atualmente, a distribuição das mercadorias é realizada a partir de dois CDs: Cajamar-SP e Salvador-BA, este último será desativado em 2018 por conta da transferência para Pernambuco.

O presidente da Saraiva & Siciliano, Jorge Saraiva Neto, explicou porque a empresa escolheu Pernambuco para expandir seu setor logístico e de e-commerce. 'Estamos crescendo no Estado. Abriremos a nossa quinta loja este ano, no Shopping Patteo, em Olinda. Em paralelo, acreditamos que Pernambuco seja o principal hub de distribuição do Nordeste. Então, junto com o Estado e com parceiros como a Azul, nós conseguimos encaixar uma maneira de distribuir produtos do e-commerce para todo o Brasil. Essa parceria foi muito importante para concretizar Pernambuco como o nosso centro logístico nacional de e-commerce", destacou.

Participaram do ato o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; os secretários estaduais Nilton Mota (Casa Civil); Marcelo Barros (Fazenda); Milton Coelho (Administração); João Campos (chefe de Gabinete); Antônio Carlos Figueira (Assessoria Especial do governador); Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão); e César Caúla (Procuradoria Geral do Estado). Estiveram presentes também o diretor de contabilidade e tributos da Saraiva & Siciliano, David Hernandes Garcia, além do deputado estadual Aluísio Lessa.

Temer sofre derrota no Senado. Medida Provisória pode fazer o Brasil perder R$ 1 Trilhão



Uma Medida Provisória enviada ao Congresso Nacional pelo Presidente Michel Temer (PMDB) que permite que as petroleiras internacionais deixem de pagar R$ 50 bilhões em dívidas ao país e que também permite uma renúncia fiscal de R$ 1 trilhão nos próximos 25 anos, sofreu alterações, nesta terça-feira, no Senado Federal, que a farão voltar para análise da Câmara dos Deputados. 

A informação é do senador Humberto Costa (líder da oposição do Governo Temer), que afirma que o governo e seus aliados esperavam aprovar a matéria no Senado, sem alterações, para que a nova legislação tributária para as atividades petrolíferas passasse a valer em definitivo. Porém, com os protestos da oposição e as mudanças sugeridas - e aprovadas - no texto, a MP voltou à Câmara. A medida expira na próxima sexta-feira (15), sob o risco de que não haja tempo hábil para que os deputados apreciem a proposição.

Para Humberto, a oposição no Senado conseguiu uma vitória diante da tentativa do Palácio do Planalto de entregar o maior patrimônio do país a preço de banana. “O governo acaba com o sonho do patrimônio que está nas nossas mãos, de tornar o Brasil uma grande potência petrolífera. Estamos passando nossas riquezas ao controle das grandes multinacionais”, declarou. 

Ele lembrou que os dados do perdão das dívidas e da renúncia fiscal concedidos pelo governo às empresas estão publicados na própria exposição de motivos da Medida Provisória encaminhada ao Congresso Nacional.

“A medida é profundamente danosa ao país, à política de produção, exploração de petróleo e gás. Fomos nós que tivemos a competência e a oportunidade de descobrir esse verdadeiro ouro negro que é o pré-sal. Estamos entregando aquilo que poderia ser o futuro do nosso país nas mãos das petroleiras multinacionais”, reiterou.

O parlamentar observou que a MP também fere a Lei de Diretrizes Orçamentárias, pois não aponta de onde sairão os recursos para compensar as eventuais desonerações que irão acontecer.

“Imagine se essas agressões à lei orçamentária fossem feitas por Dilma, que foi derrubada por muito menos, por ‘pedaladas fiscais’... comentou. 

O senador ressaltou que a indústria do petróleo e gás foi levantada com êxito graças às políticas implementadas por Lula e Dilma, inclusive por meio da legislação que tratou do pré-sal, em que o governo fez a exigência de que houvesse conteúdo nacional em equipamentos a serem utilizados nos processos de investimento que essas empresas viessem a fazer no Brasil. 

Segundo ele, isso foi fundamental para que o Brasil vivesse o boom da indústria naval, com a criação de milhares de empregos, depois extintos pela vigência de uma outra política de Temer de afretamento de navios de não estímulo à indústria naval nacional.

“Pela política do governo atual, o Brasil vai voltar a ser um exportador de petróleo bruto e um importador de derivados de petróleo, e a exploração do petróleo no Brasil voltará a ser feita, numa parte pequena, pela Petrobras e, em grande parte, pela indústria multinacional”, destacou.

NOTA OFICIAL DO PR PERNAMBUCO - SEBASTIÃO OLIVEIRA BATE DURO!

O período eleitoral se aproxima e, neste momento, sinto que é importante me dirigir aos filiados do Partido da República (PR) e à população pernambucana para esclarecer que, no papel de presidente estadual do PR, tenho total autonomia dada pela Executiva Nacional para decidir os destinos que o partido tomará em 2018. Ressalto que entendo os anseios de todos os correligionários e companheiros que possuem mandato, mas não abro mão desta prerrogativa que me foi confiada.

O Partido da República, sob a minha presidência, foi a segunda sigla que mais elegeu prefeitos em Pernambuco nas eleições de 2016. Tenho a ciência da importância do PR em relação ao tempo que lhe pertence na tevê e ao seu prestígio no cenário político brasileiro.

Sebastião Oliveira sabe de bastidores que
estão querendo tirar o PR de pernambuco do seu comando
para levar para a oposição estadual
Tenho total conhecimento das diversas investidas que o PR pernambucano tem sido alvo. Enquanto isso, mantive o foco na prudência, na serenidade e no trabalho, mas sempre muito convicto sobre o rumo que o nosso partido irá seguir no próximo ano.

A autonomia que possuo, outorgada pela Executiva Nacional, me permite garantir que ninguém se filiará ao PR de Pernambuco para disputar as eleições do próximo ano que não seja por meio do abono do presidente estadual do PR.

Aproveito para convidar para as pessoas se filiarem ao PR. Venham fortalecer nosso time no processo eletivo de 2018. O PR sempre teve compromisso com o diálogo e continuará agindo assim, mas priorizando as decisões dos seus comandantes, no Estado e na Executiva Nacional. 

Sebastião Oliveira
Deputado Federal licenciado
Presidente Estadual do Partido da República."

Compesa trabalha para voltar a abastecer mais uma cidade do Agreste




A Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa montou uma força-tarefa, com equipes trabalhando de domingo a domingo, inclusive nos feriados, para concluir a fase de testes na adutora que transportará água da Barragem de Ipaneminha, no município de Pesqueira, para Alagoinha. As duas cidades estão localizadas no Agreste do Estado. 

Há cerca de 40 dias, a Compesa iniciou a fase de pré-operação do sistema, que envolve 23 quilômetros de adutora. Como as tubulações dessa rede ficaram seis anos sem funcionar – em função do colapso do manancial, que não resistiu aos sete anos consecutivos de seca na região - o retorno da operação se torna um pouco mais complexo. Os testes estão sendo realizados por etapas, para que sejam feitos os ajustes operacionais em busca da vazão e pressão adequadas de cada trecho, até estabilizar todo sistema adutor. Da ETA, a água tratada seguirá até Alagoinha por um trecho novo da Adutora do Agreste, com cerca de 18 quilômetros de extensão.

Além dos 15 mil moradores de Alagoinha, a Barragem de Ipaneminha também é a única fonte de abastecimento de água para a população dos bairros Eucalipto, Loteamento Leonardo, Vila Anápolis, Santo Antônio, Bairro Central e José Rocha, em Pesqueira. O manancial foi beneficiado com as chuvas desse ano e voltou a armazenar água. “A companhia não mede esforços para que Alagoinha e essas localidades de Pesqueira voltem a receber água pelas torneiras. Estamos fazendo os ajustes necessários na rede de distribuição e fazendo os reparos dos vazamentos para que a água chegue de maneira satisfatória aos moradores. Esse é um compromisso do governador Paulo Câmara e acreditamos que, em breve, a adutora estará em perfeitas condições”, ressalta Gilvandro Barbosa, gerente de Unidade de Negócio da Compesa, informando que as ações de recuperação estão focadas agora num trecho final de 10 quilômetros da adutora.

CSJD realiza formatura dos alunos concluintes do ABC. Veja as fotos!

"Para realizar grandes conquistas, devemos não apenas agir, mas também sonhar; não apenas planejar, mas também acreditar." 
Anatole France

Alunos e familiares ficaram felizes e encantados com a colação de grau, onde além de belíssimas apresentações, música ao vivo, um excelente coquetel servido pelo Buffet Vittória e a concretização de mais um sonho entre alunos e familiares que conquistaram, através de seus esforços escolares, mais uma etapa em suas vidas.

CSJD, há 32 anos transformando sonhos em realidade!






JORNAL DO COMMERCIO, DIÁRIO e FOLHA DE PERNAMBUCO >> CAPAS E MANCHETES DO DIA









terça-feira, 12 de dezembro de 2017

CONHEÇA A POUSADA DA PAIXÃO E AGENDE UM FINAL DE SEMANA INESQUECÍVEL




Governo garante R$ 611 milhões para obras de água e esgoto no Estado, incluindo Garanhuns!

Dos 50 projetos apresentados pelo governador Paulo Câmara ao Ministério das Cidades, 9 foram selecionados e mais 10 estão em vias de aprovação



O Ministério das Cidades divulgou o resultado da seleção das Cartas-Consulta para obras de saneamento em todo o País por meio do Programa Avançar Saneamento – Seleção 2017. Dos 50 projetos apresentados pelo Governo Paulo Câmara, 19 estão prestes a ser contratados. Nove obras foram selecionadas para serem financiados ao Governo de Pernambuco, com recursos estimados em R$ 611 milhões. Outras 10 obras estão sendo analisadas pela Caixa Econômica Federal e deverão ser financiadas diretamente à Compesa, num valor de R$ 383 milhões. Quando todos forem contratados, o governador Paulo Câmara pretende realizar quase R$ 1 bilhão em novas obras de saneamento.

Diante da carência de recursos do Orçamento Geral da União, Pernambuco decidiu acessar uma das poucas fontes de recursos que ainda estão disponíveis, tomando empréstimo do FGTS através do Governo do Estado e da própria Compesa. “A prioridade à área de saneamento e a nossa capacidade de gerar projetos para captar recursos estão permitindo que o Estado capte 50% do que foi apresentado, índice considerado muito bom, principalmente nos dias atuais”, argumentou o governador Paulo Câmara.

“Estivemos acompanhando o governador Paulo na audiência com o ministro Alexandre Baldy (Cidades) e ouvimos dele que os recursos do Orçamento da União estão escassos, restando a alternativa de tomar financiamento do FGTS. Pernambuco fez o dever de casa e tem capacidade de endividamento para investir numa das maiores prioridades do governador, que é o Saneamento Básico”, afirmou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

As cidades beneficiadas nessa seleção, que serão financiadas ao Governo do Estado, são: Arcoverde, Camaragibe, Custódia, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Moreno e São Lourenço da Mata. Na lista das cidades cujo financiamento será feito diretamente à Compesa, estão: Recife, Petrolina, Caetés, Capoeiras, Garanhuns, Gravatá, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério.

Além das ações propostas pelo Governo de Pernambuco e pela Compesa, oito ações para contratação de Planos de Saneamento, solicitados por prefeituras, também foram selecionadas. A partir dessa seleção, o Governo de Pernambuco tem o prazo até o próximo dia 29/12 para apresentar a documentação exigida para a obtenção do financiamento. A expectativa da Compesa é que os recursos sejam garantidos até março do próximo ano, quando deverão ser assinados os contratos. Os projetos que não foram selecionados em 2017, serão reapresentados em novo processo seletivo, que deverá acontecer também em março de 2018.

Oposição de Pernambuco faz grande encontro no Espaço Arcádia, no Recife Antigo



As principais lideranças de oposição no estado se reuniram nesta segunda (11), no Espaço Arcádia no Recife Antigo, onde lançaram o movimento “Pernambuco Quer Mudar”. À frente do evento os senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), os ministros Fernando Filho (sem partido) e Mendonça Filho (DEM), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e os ex-governadores Joaquim Francisco e João Lyra Neto (PSDB), entre outros líderes da oposição estadual, a exemplo dos deputados Priscila Krause (DEM) e Álvaro Porto (PSD). Segundo os oposicionistas, o evento reuniu cerca de 45 prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais. 

Nas redes sociais, defensores do Governo Estadual e da reeleição de Paulo Câmara têm relacionado a oposição estadual ao Governo Michel Temer, já que conta com ministros, deputados e outras lideranças que têm defendido o presidente e votado a favor das reformas enviadas ao Congresso Nacional, principalmente a trabalhista e a previdenciária.

Pela escolha da cor azul pela oposição, ano que vem teremos o azul contra o amarelo em todos os recantos de Pernambuco.

Dentre os oradores da noite, em sugestão de pauta enviada aos meios de comunicação, registramos as palavras do ex-governador João Lyra, pai da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, que falou sobre a união das oposições.

“Temos um roteiro, temos a alternativa, temos homens testados nas lutas e nas urnas e que compreendem o quanto é necessário construir esperança nessa hora. Uma reunião desse tipo, com essa multiplicidade de lideranças mostra que estamos construindo uma engenharia de uma grande obra social e econômica. Estamos aqui porque temos crença de que Pernambuco precisa mudar e vai mudar", afirmou o ex-governador Joaquim Francisco. “O que estamos vendo aqui é que Pernambuco quer mudar. Não estamos vivenciando nenhuma convenção, não estamos anunciando nenhum candidato, mas nunca houve na história de Pernambuco o início de um movimento político com tantas lideranças. Isso significa que todas as regiões de Pernambuco vão nos unir para colocar Pernambuco no seu devido lugar, para fazer o estado restabelecer sua liderança nacional”, frisou ex-governador João Lyra Neto.

Foto: Edmar Melo/Divulgação

FORAM DESTAQUES DO BLOG. CLIQUE E CONFIRA!

Direitos do Autor

Copyright 2014 – RONALDO CESAR CARVALHO – Para a reprodução de artigos originais assinados pelo autor deste blog em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,é exigida a exibição do link da postagem original ou do blog.